sexta-feira, 13 de maio de 2011

Dica de hoje: se liga no som da Velho Junk




Nos idos de 2007, dois colegas de trabalho conversavam sobre fazer um som juntos, quando outros dois, que ouviram a conversa, demonstraram interesse: eram eles João, Geraldo, Rafael e Jairo. Assim surgiu o embrião da banda Velho Junk, nome que só viria bem mais tarde. Nenhum dos quatro era baterista, e Rafael oportunamente lembrou que a namorada de seu irmão havia feito algumas aulas em frente aos tambores; seu nome: Paula. O convite lhe foi feito e, com sua presença, deram-se os primeiros ensaios. Entre covers e brincadeiras nasceram “E nos meus Sonhos” e “Escolha”, as duas primeiras músicas da banda.


Um ano se passou e, em meados de 2008, Geraldo e Paula decidiram sair da banda -- ele por não dispor de tempo suficiente para se dedicar, ela por conta de sua mudança para São Paulo. O projeto passou a flutuar no limbo sem nunca ter conhecido a luz do palco, mas permaneceu vivo, ainda sem nome e contanto com a participação esporádica de alguns amigos.


João, que até então respondia por guitarra e vocal, assumiu interinamente as baquetas, delegando os vocais a Jairo, com Rafael permanecendo no baixo. Os ensaios foram minguando até 2009, quando a banda finalmente encontrou -- ainda que por acidente -- um baterista. Fábio chegou como guitarrista, mas demonstrou afinidade com os tambores. Foi nesta época que a banda passou a ter um nome: Velho Junk.


A banda fez sua primeira apresentação para amigos num palco improvisado, tendo como testemunha extensão de mar entre a ilha de Florianópolis e o continente.


Foi só em 2010 que o último integrante juntou-se à banda. Rodrigo, guitarrista e estudante de regência nas horas vagas, temperou as músicas antigas com novos arranjos, e “Escolha” acabou por ser selecionada para representar a banda no Festival de Música da UFSC -- um marco para a banda, que fez sua primeira apresentação numa grande estrutura, para um público de mais de duas mil pessoas.


No mês seguinte, a banda gravou uma participação no programa de TV local “Na Pilha”, gravado ao vivo e transmitido pela TVCOM.


Eles ainda foram convidados para participar do quatro “Duelo de Bandas” do programa de TV “Patrola”, da RBS TV, disputando uma embaraçosa partida de “futebol de costas”.


A banda atualmente conta com a seguinte formação: Jairo André (guitarra/violão/voz), João Quinto (guitarra/voz), Rodrigo Dias (guitarra), Rafael Krüger (baixo) e André Tentardin (bateria). As influências da banda incluem hard rock dos anos 90, indie rock dos anos 2000, pop rock, blues, música erudita e jazz.


5 comentários:

Cezar disse...

Show de bola!!!
Musicas agradáveis e bem criativas!!!!

Ricardo Nunes RJ disse...

Muito boa a banda, são de músicas assim que precisamos ouvir. ADOREI

Renata Brant disse...

A galera do Velho Junk é massa mesmo!

João V disse...

Valeu galera..pela força!!!
um abraço pra vcs.

Anônimo disse...

Valeu! :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...